PLACE PREFERENCE BOX PARA RATO OU CAMUNDONGO - MODELO HARVARD APPARATUS/ PANLAB


Descrição

A caixa de preferência de local espacial Bonther é uma câmara experimental desenvolvida com o objetivo de otimizar estudos de preferência de local e aversão em pequenos animais de laboratório, especialmente camundongos. O design da caixa é fruto de uma estreita colaboração com os eminentes Professor Dr. Carlos Eduardo Neves Girardi, da Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), do Departamento de Psicobiologia. 

O aparelho consiste em uma caixa com dois compartimentos de tamanhos iguais interligados por um corredor retangular. Originalmente, os compartimentos são diferenciados pelos motivos pintados nas paredes (pontos ou listras) e pela cor (diferentes tons de cinza, claro ou escuro) e textura (lisa ou áspera) do piso. A inovação trazida pela caixa Bonther é a possibilidade de combinar uma nova dimensão espacial adicional para permitir ao animal diferenciar os diferentes compartimentos de forma mais discriminativa. Paredes transparentes também são utilizadas para minimizar o tempo que o animal fica no corredor. 

A introdução destes novos elementos discriminativos permite:

otimizando os resultados obtidos nos paradigmas de preferência e aversão ao local (baixa variabilidade na resposta, número reduzido de animais por grupo...)
organizando os elementos discriminativos em uma ampla variedade de configurações para estudos que avaliam a memória espacial ou contextual
usando os elementos como pistas discriminativas associadas à exposição a drogas em diversos outros projetos experimentais.

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS:
Permite uma combinação múltipla entre as pistas visuais, táteis e espaciais que definem cada compartimento
Otimizar a diferenciação entre compartimentos
Minimize a preferência inicial de local durante a fase de pré-teste
Paredes transparentes para minimizar o tempo gasto no corredor
Otimize a detecção de assuntos usando um sistema de rastreamento de vídeo